domingo, 27 de fevereiro de 2011

Depois reclama que tá gorda

Pois é... Acreditem que foi exatamente isso que um bêbado falou para uma moça em um carrinho de lanche em plena madrugada de sábado.
Estava eu sozinha esperando um táxi, sentada em uma cadeira em um carrinho de cachorro-quente. Quando um senhor de aproximadamente 45 anos, em estado excessivamente alcoolizado, até que bem vestido, meio revoltado com a vida por não ter entrado no PORCADA 77!
Falou mal dos paulistas... Mexia com um e mexia com outro... até que ficou um pouco quieto.

Começou a chover e as pessoas que estavam presentes no carrinho de lanche se concentraram debaixo do coberto. Uma moça ficou de fora porque não conseguia carregar a bolsa, a cadeira e o lanche ao mesmo tempo, até que aquele senhor, com o teor alcoólico elevado, pegou a cadeira para a moça sentar, e em estilo Ronaldo Esper (clique aqui para lembrar), deu uma alfinetada no namorado da moça que estava presente naquele local:
"Seu namorado é um bunda mole mesmo, nem para te ajudar. Não se faz mais homem como antigamente."


Acredite que ele teve a coragem e AUDÁCIA em dizer aquilo com o namorado da moça presente.
Ainda bem que não houve nenhuma briga. Ignoraram-no.
Ele começou a resmungar palavras que eu não conseguia entender muito bem. Eu percebia que as pessoas ali presentes não estavam gostando muito da situação. Uma moça até falou: "Não tenho paciência pra gente bêbada não."
Passado mais uns minutinhos, eis que ouço este "ser" se direcionar para a mesma moça que disse que não tinha paciência pra gente bêbada:
"Isso, coloca bastante maionese no lanche. Por isso que ta gorda. Fica aí colocando um monte de maionese. Onde já se viu?! Depois reclama que tá gorda."
Era muita maldade naquele momento eu soltar uma gargalhada. Por isso me contive. A situação foi engraçada, não pelo fato de ele ter dito a verdade (ela estava acima do peso), mas pela coragem de dizer isso para uma desconhecida. Eu olhava para os amigos dela e percebi que todos queriam rir. Ainda bem que ninguém perdeu a paciência com aquele indivíduo engraçadíssimo. Apesar de tudo, ele teve a "consciência" de sair do local após essa pérola.

Mas a verdade é que criança e bêbado não mentem.
E aí galera, vai uma maionese aí?

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Os Melhores Tweets - II

Olá amigos!
A semana foi cansativa, muitas novidades, ansiosa para o dia mais lindo do ano: meu niver!
Mas mesmo assim tive um tempinho para bisbilhotar alguns tweets, que para mim, foram os melhores da semana!
Bora lá?


no fb: "troque a imagem do seu perfil por uma foto do seu animal de estimação." que pena que não namoro mais. (@cherguevara)

Pois é, meus amigos... Como diz a filósofa pós-existencialista Luka: "Tô nem ai!" (@mbarbassa)

Como diria meu amigo Lima "Vamo largá tudo e vender coco-na-praia!" (@fabiana_os)

Obrigada, Larissa Riquelme! Graças a você hoje carrego meu tel nas corridas diárias, sem carregar pochete! Hehehe (@nannimb)

O inimigo habilidoso nos ensina mais do que um falso mestre. (@emebatista)

Boa tarde Brasil! O pais do salario minimo de R$545,00 e o lugar que não consigo uma caixa de morfina!! Kkkkkkk (@djlucianobravo)

Eu não posso morrer sem ter vivido antes. (@ChatoDemais)

Ostentação pra que, gente? TER algo é bom pra curtir e não pra mostrar. Mostrar a quem não tem ou ñ pode ter é fazer questão de humilha (@lucianastabile)


Parafraseando Jolie: Eu não me acho bonita, eu me sinto bonita, e isso faz toda a diferença. (@ClaraFischer)

Somos barrados,limitados e escravisados de multiplas maneiras, o gas de pimenta é fichinha, é o materialismo capitalista (@andreiaciclista)

Essa indústria da multa me faz sentir injustiçada, impotente, e sem voz. Pra quem reclamar a ilegalidade? (@CynthiaPilan)


Lembrando que não me responsabilizo pelos tweets alheios!! hahaha
Por hoje é só amigos!

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Os meus 20 e poucos anos

Essa homenagem é para todos os meus amigos que conviveram comigo durante o meu último ano. Reuni fotos do ano passado até esse ano.
Pessoas especiais que passaram pela minha vida, umas permaneceram, outras foram embora...
Mas a cada pessoa que passou e está em minha vida eu aprendo muito e agradeço por me ajudarem a ser quem eu sou: Mais paciente, compreensiva e guerreira.
São essas pessoas que me fazem ter certeza que EU NÃO ESTOU SOZINHA!
Sei que falta muita gente nesse vídeo, mas quem estiver faltando peço desculpas, mas minha gratidão é eterna a todos.
Principalmente: OBRIGADA POR ACREDITAREM EM MIM!
E tenho DITO e tenho VIVIDO!


domingo, 20 de fevereiro de 2011

Na frente das lentes de Fabiola Medeiros


Um dia de muita aventura! É assim que eu resumo este sábado fim de tarde que passei com a Fabiola Medeiros. Ainda estamos tirando os carrapichos do corpo (risos)... Mas o resultado valeu a pena! Este post é de poucas palavras. O trabalho foi sensacional! As imagens hoje vão falar por mim! Vejamos:



 




 

Para ver mais trabalhos de Fabíola Medeiros clique nos links abaixo!
Blog
Site Fabíola Medeiros
Flickr

sábado, 19 de fevereiro de 2011

Os Melhores Tweets - I

Uma série nova aqui no blog: Os melhores Tweets!

Fucei na timeline de uns amigos e achei umas coisas interessantes que gostaria de compartilhar.
Um dos meus critérios foi selecionar tweet sem mention e de preferência autoria própria.
Você pode não está aqui essa semana. Mas a quem sabe na próxima?


Não me responsabilizo pelas palavras aqui ditas pelos meus following.
Vejamos:


Habilidade pra fazer certas coisas escovando os dentes. Antes eu só andava,agora guardo louça,fecho as janelas e até twitto! ;) @vividaclube


Dirigir em RP é uma aventura. Fila indiana, seta opcional, lerdeza à esquerda, desrespeito ao pedestre, lixo jogado pela janela do carro. @LiviaKomar


Tem momentos que eu realmente gostaria de estar em um Reality Show.. Eu não precisaria gritar pra todo mundo ouvir! @Mara_cabral


seguinte:ser fotógrafa glamourosa,editar foteeeenhas,compromissos sociais... e lavar louça?banheiro? tá ! Me arranjem uma funcionária! @FabiolaMedeiros

Prefiro ser testemunha de acusação do que acusado de omissão. Os omissos são covardes e fracos. @rodrigues_thi



No meu primeiro tuite como ex-jogador, quero agradecer a todos vcs que me seguem e tb a todo mundo q mandou mensagem de apoio. @ClaroRonaldo

Só pra esclarecer: repórter não gosta de fazer matéria em velório. Não, gente, pode até não parecer, mas repórter não tem sangue de barata. @grabriela_yamada

Fotografar pra mim é como a musica é pro compositor... Uma dimensão totalmente diferente que só quem tem a arte no coração entende @ju_rizieri


Amo Lenine, Cazuza, Legião Urbana, Jorge Ben. E dai?! E vc que é feio. @RRRafaSilvestre


A semana que vem tem mais!
To de olho!

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Enquanto ele não chega

Enquanto ele não chega, eu vou marcar a manicure, agendar na cabeleireira e pegar um cinema.
Não posso encontrá-lo com o esmalte das unhas descascado e cabelo com pontas duplas. Não sei se ele repara nesses detalhes, mas é bom que tudo esteja perfeito.


Se acaso ele demorar, vou sair com as meninas. Vou chamá-las para ir ao shopping comprar uma bolsa (duas, quem sabe) e depois almoçar em um lugar bem legal com elas.



Caso ele chegue atrasado, vou fazendo hora correndo no parque... É preciso cuidar da saúde, ele tem que me ver bem saudável e bem cuidada.


E se mesmo assim ele demorar mais um pouco, não vou perder a paciência, vou ler um livro, assistir um filme, e até chamar minhas amigas para tomar um drink comigo! Já sei! Se ele não vier logo, vou fazer uma festa. Sei lá, chamar umas pessoas que não vejo há muito tempo e brindar!


Claro que vou ficar tardes e noites esperando ele chegar. Sei que vou ficar na janela olhando os carros passarem, a primavera chegar e sentir o vento do outono na minha face sem a presença dele.


Mesmo que na solidão do inverno ele não tenha vindo me aquecer, tomo uma dose de whisky e fica tudo bem...


O mais importante é não deixar minha vida parar enquanto ele não chega! E sorrir para a vida! Enquanto ele (o amor) não vem, não significa que vou esperar entre lamúrias e isolamento.



 Só é feliz aquele que encontra em primeiro lugar o amor próprio.

E tenho dito!

domingo, 13 de fevereiro de 2011

Jogo da conquista

Não é um texto que vai explicar como conquistar a pessoa amada em três dias. Mesmo porque, minha especialidade é estragar a pessoa amada em oito dias. (Esquece isso que escrevi).

Não quero ofender o meu time feminino que lutou tanto para ter um espaço na sociedade tendo um emprego digno, salário (quase) bom e lugar até na política. Afinal, não quero ofender ninguém. É só mais um ponto de vista audacioso. 
Não é uma regra, nem curso de comportamento, somos livres e fazemos o que temos vontade. Mas pronto, já pensei, agora está aí:

Desde que o mundo ficou moderno demais, acabaram as cartas de admiradores secretos, ficaram extintos as rosas e os bombons jogados no quintal. Não tem mais o JOGO DE CONQUISTA! Ficou quase tudo muito fácil, previsível e sem valor.
Me desculpem as queimadoras de sutiãs, mas quem conquista é o homem e quem "finge" ser conquistada é a mulher!
Há quem defenda que no jogo da conquista a mulher também tem que tomar a iniciativa. Discordo, discordo e discordo em redundância!

Eu defendo os bons e velhos tempos em que a mulher tem que ser cortejada pelo homem. A mulher mexe nos cabelos se está afim ou vai ao banheiro e não volta mais se não está interessada e pronto!
Tem muito mais valor. Afinal o homem tem que no mínimo fazer o esforço da conquista. Não há motivo para contrariar a natureza, afinal é o macho que faz dança e exibicionismo para conquistar a fêmea (veja aqui).

Já sofremos com depilação, alicate desgovernado da manicure, dias sem lavar o cabelo por causa da progressiva, permanecer sorrindo depois de horas em cima daquele salto com os dedos latejando de dor, para chegar na balada e levantar a moral dos homens (que se acham os melhores desde que nasceram) partindo pra cima deles?

Sim! Sou careta, sou brega  e da moda antiga.
Gosto de homens que se arriscam para conquistar a amada. Como nos belos contos em que os homens enfrentam os dragões com espadas e cavalos para ter a amada do lado.

Não estou dizendo para nós mulheres ficarmos como estátuas no jogo da conquista, devemos olhar, sorrir e mexer no cabelo! Se o cara tiver a coragem de enfrentar o dragão, ele chega em você de qualquer maneira. Seja com o bilhetinho no guardanapo entregue pelo garçom ou ir com espadas e cara lavada perguntar ao menos, seu nome!
Simples assim! 
Como já dizia o respeitável Machado de Assis: 
"Elas têm que esperar um pouco para o homem certo chegar, aquele que é valente o bastante para escalar até o topo da árvore."
Desculpem os tímidos, mas homem tem que ter  atitude!
E tenho dito!

E você, caro amigo leitor, o que acha do jogo da conquista? Deixe sua opinião no comentário!

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

O pouso da borboleta

Hoje de manhã tive um dia de Branca de Neve. Mas não mordi nenhuma maçã e muito menos tive o beijo do príncipe encantado.
Como toda manhã antes de entrar ao trabalho, vou a uma praça aqui perto e fico lá observando a natureza por uns minutinhos (twittando também). Mas hoje foi especial. Uma sensação boa. Do nada aparece um cachorro, de porte médio, raça desconhecida (por mim), cor bege e meio peludo, deita ao meu lado e tira uma soneca. E eu sou apaixonada por cachorros. Pouquíssimos minutos depois, vem uma linda borboleta, colorida, mas com a cor amarela prevalecendo, pousa sobre o meu ombro DIREITO.
Isso despertou em mim um sorriso. E acredito que isso basta. Começar a manhã com o pouso da borboleta foi inspirador para mim... E lembrando: Hoje é sexta-feira.
Beijo moçada!

E tenho vivido!

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

E se eu me apaixonar?

Entre encontros e despedidas, meus pensamentos vão longe fazendo eu enlouquecer:

"Esse jeito marrento e orgulhoso que faz você fingir que eu não existo.
O mistério que há entre o seu sorriso e sua cara fechada. 
As ligações não atendidas e os e-mails respondidos me dão certezas do quanto é insano.
Esse "não" com tom de "sim". O seu "não te quero, mas não te largo", me deixa estagnada sem saber se partirei de vez.
Você sorri de lado e anda rápido parecendo fuga, mas depois volta sem palavras e nenhum argumento.
Sem pensar me diz "sim", eu não sei se quero.Mas quando não diz nada, me angustia e o seu "não", me entristece pra sempre os meus dias.
Sua ausência faz habitar sua presença na saudade que sinto.
Aquele seu silêncio que me atormenta faz eu tentar adivinhar os seus pensamentos. Mas quando faz barulho me irrita de tanta teimosia.
Os ciúmes e sua indiferença às vezes me fazem querer sumir.
O seu olhar na janela me pedindo pra voltar depois que me mandou embora.
Nossa discórdia e nosso perdão.

Esse seu charme desnecessário...
E se eu me apaixonar?"



terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Despertador do bom senso

Pode me chamar de insana, de paranóica, de perturbada, burra, mas jamais vou arrepender de lutar por aquilo que eu quero.
Eu insisto até que desisto, mas às vezes desistir não significa que não quero mais ou que sou covarde, significa que é preciso seguir.
É preciso tirar a bolsa de lágrimas debaixo dos olhos e colocar uma bela bolsa embaixo do braço, um salto fino, três camadas de rímel, blush, gloss e sair para a próxima balada. 
Mas não é uma balada para extravasar ao ponto de perder a moral, é uma balada para brindar a vida que não é insignificante quanto às horas perdidas esperando o telefone tocar.

Hoje vou dormir assim, esperando somente o despertador tocar para o dia de amanhã, que vai ser sempre melhor que hoje. E todos os dias eu dormirei na esperança do melhor e sempre FAZENDO ALGO POR MIM.

E tenho dito!

Encontro de Blogueiros no Dicas Mulher

O Encontro de Blogueiros do dia 26 de Janeiro, foi um sucesso! A  TV Dicas Mulher marcou presença e registrou esse Encontro que foi um luxo!
Agradeço ao Álvaro Bellíssimo pela presença. Pode aproveitar e conferir o site do Dicas Mulher que tem muitas novidades e dicas ótimas!


Tô Fazendo Falta

Adicionar legenda
Hoje o "Analisando a música" vai ser uma nostalgia, tirei lá do fundinho do baú. Particularmente eu amo essa música. É da cantora Joanna. Vamos ver?







 Tô Fazendo Falta


Ontem te encontrei (Na verdade foi hoje)

Você estava tão bonito!(E como!)
Demais (Não disse?)
Parecia até que nada aconteceu (Mas não aconteceu nada mesmo, né?)
Jeito de que está feliz (Despojado)
De quem está de bem com a vida (Até que é bom)
Sei lá, mas alguma coisa não me convenceu.(Não mesmo)
E ainda faz de conta que não está nem ai pra mim (Triste)
Mas você não me engana sei que você ainda tá afim (Tenho dúvidas)
Me diz pra que fazer assim? (Orgulho)
Você pode ter um tempo pra pensar (Ta bom, Joana, comigo não é assim não!)
E uma eternidade pra se arrepender (Vai achando, a fila anda!)
Tá na cara dá pra ver no seu olhar (Não deu pra ver ao fundo não)
Tô fazendo muita falta pra você (Hum, será?)
É loucura não ouvir o coração (Loucura é OUVIR)
Desse jeito a gente pede pra sofrer (A gente sofre de qualquer jeito)
Eu não quero te ver na solidão (Se não for comigo, pode ficar na solidão sim!!)
Tô fazendo muita falta pra você.(Então...)

Beijo Joanna!!

Vai gostar, também, da interpretação do tio ROBERTO!

Ads Inside Post