sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Em poesia

Ele chega com olhar baixo
Mesmo tímido, o sorriso é largo
Cabelos negros
e todo enrolado
(não só os cabelos)
O seu humor muda de lado

Penso que às vezes dança
quando anda
Quando para
coloca as mãos no bolso
Quando ouço
o exército me protege
meu coração junto dele
enobrece

Pequenos detalhes
em mais de um metro e oitenta
não há coração que aguenta
Quando faz-se menino e chora
e deita em meu colo
e não vai embora

Enquanto dorme e abre a boca
Eu sorrio e me sinto boba
Ele acorda, meio torto levanta
Sorri de lado
meu amado
Observo cada passo calada
E ele é poesia que não se acaba...



quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Caiu


Caiu
o conceito,
Caiu
no esquecimento.
É a lei da gravidade,
que de tão grave, 
a idade amadura
e descobre que
se amar dura mais
que amargura

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Sorrir


Sorrir é leve e deixa a vida da gente mais saborosa. 
O sorriso é o agradecimento da alma. É mostrar, sem falar nada, que o coração está em paz.

O que cabe no abraço

Cabe tanta coisa em um abraço.
Carinho, conforto, ternura e perdão.
Em um abraço a gente se aconchega, se encaixa como quem quer ali morar.
Cabe repousar.
Abraçar é misturar os cheiros, é respirar fundo, como quem quer mergulhar na alma.


No passado morou gente feliz

Revirando fotos guardadas em CD-R, encontrei saudade.
Muitas vezes queremos fugir do passado, mas esquecemos que lá já morou gente feliz.
E hoje fica a certeza: quanto menos experiência, mais fácil ser feliz.

Me enxerga

Gente que nos enxerga de dentro pra fora é tão rara, que quando eu encontro, peço para Deus em voz baixinha: "deixe que fique mais um pouquinho em minha vida, por favor!"

Quem escreve, também descreve sentimentos

Quem escreve, descreve sentimentos, inventa amores e reinventa momentos. Escrever também é presentear e tornar pessoas eternas nas palavras, que muitas vezes, não são ditas.
Quem escreve para alguém, nunca se arrepende, mas aprende que para ser eterno em seus escritos, tem que valer a pena, tem que fazer mais sorrir do que amargar.

A criança que nos falta

Eu quero ter um coração de criança. Amar como criança, acreditar como criança e ter aquele medo de criança. Medo apenas do imaginário, sem saber que o que realmente faz mal para as pessoas são os adultos. 
Que eu possa ser aquela criança que cresceu por engano. 

Salute


Pior que uma paixão mal resolvida, é a falta de vontade de se resolver.
Congelar o tempo e viver à mercê de um desamor, é a escolha mais ingrata que o ser humano pode fazer. 
É tolice viver escravo de uma fossa eterna, enquanto o mundo externo faz girar o PIB em bares ou reuniões com os sentimentos mais sinceros. É do tilintar dos copos cheios de cerveja batendo, que eu saúdo o que ficou, que eu celebro o que sempre importou. 
Eu escolho brindar a vida. Não quero lamentar um desafeto, afinal o afeto que mais importa de fato, é aquele que nunca nos negou um abraço. 
Salute!

Ads Inside Post