quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Mulher disposta, não disponível

Eu não vou te esperar. E nem ficar com o celular na mão esperando você me ligar ou mandar mensagem antes das 20h. 
Decidi que vou começar o final de semana tomando aquele uísque cowboy sozinha no meu escritório em casa. Depois, vou ligar para minhas amigas para rir das piadas da internet. Vamos combinar de sair, seja meia noite ou no meio da conversa às 21h. 
Mas não vou te esperar. 
Tampouco vou aguardar os seus amigos falarem que não tem nenhuma balada legal, para então, você me ligar às 23h para tomar uma cerveja por 40 minutos, num boteco escondido de um bairro, e depois me levar para um local "só a gente."
Desculpe, mas não quero esperar você levar um bolo da gostosona para ligar às dez para onze perguntando onde eu estou.
Sinto lhe dizer, tentei ter a paciência para esperar você me mandar uma mensagem de "bom dia", perguntar como foi meu dia no trabalho, e falar o quanto tem vontade de encontrar comigo no final de semana. Tentei. Mas perdi essa vontade de esperar.
Hoje vivo para mim, tenho minha solitude, ou meus momentos badalados com amigas. E se você ainda quiser ter a minha companhia, saiba que estou disposta a dar-te a oportunidade. Mas meu bem, terá que me acompanhar. Disposta sim. Disponível? Não mais.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Olhos verdes, olhos vermelhos

Nunca sobrou tanta falta de inspiração como hoje.
Sempre me inspirei em pessoas, situações, amores, sejam eles relâmpagos, platônicos ou até mesmo naquelas paixões que duram um dia. Não me inspirei naquele olhar ou naquele bom dia acompanhado de um largo sorriso. 

Só sei que hoje faltou inspiração. 

É como se minha vida tivesse entrado em pause. Eu congelei enquanto eu observava o mundo em minha volta. Tudo tão sem graça, o mais do mesmo acompanhado do bom dia com sorriso forçado, a mesma mensagem ignorada, só que disfarçada de pessoa diferente, a mesma decepção da paixão repentina. 

Preciso de mais emoção em meus dias. Hoje foi pouco. O dia de hoje conta? Mais um dia ou menos um dia?

Deitarei ao som de Silverchair, mas primeiro vou terminar este chá de erva-doce com gengibre. Talvez role 2mg de clonazepam. É, hoje não deu. Vou superar mais este dia, vou superar a sua falta e dormirei na lembrança confortante dos seus olhos verdes, enquanto os meus... Os meus olhos se fecham para não mostrar o quanto estão vermelhos.

Ads Inside Post