quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

E se eu me apaixonar?

Entre encontros e despedidas, meus pensamentos vão longe fazendo eu enlouquecer:

"Esse jeito marrento e orgulhoso que faz você fingir que eu não existo.
O mistério que há entre o seu sorriso e sua cara fechada. 
As ligações não atendidas e os e-mails respondidos me dão certezas do quanto é insano.
Esse "não" com tom de "sim". O seu "não te quero, mas não te largo", me deixa estagnada sem saber se partirei de vez.
Você sorri de lado e anda rápido parecendo fuga, mas depois volta sem palavras e nenhum argumento.
Sem pensar me diz "sim", eu não sei se quero.Mas quando não diz nada, me angustia e o seu "não", me entristece pra sempre os meus dias.
Sua ausência faz habitar sua presença na saudade que sinto.
Aquele seu silêncio que me atormenta faz eu tentar adivinhar os seus pensamentos. Mas quando faz barulho me irrita de tanta teimosia.
Os ciúmes e sua indiferença às vezes me fazem querer sumir.
O seu olhar na janela me pedindo pra voltar depois que me mandou embora.
Nossa discórdia e nosso perdão.

Esse seu charme desnecessário...
E se eu me apaixonar?"



4 comentários:

Juliana disse...

É... espero que vc não se apaixone pq vai doer! :(

Fernanda Marchioretto disse...

Ó mai gódi!!! Queria falar muita coisa agora... melhor não hehe.
Perfeito e doído o texto. Não tem como eu te aconselhar a não se apaixonar, essas coisas não dá pra optar. Pá! Acontece.
Beijo minha irmãzinha!

Shirley disse...

"Paixão é uma infinidade de ilusões que serve de analgésico para a alma. As paixões são como ventanias que enfurnam as velas dos navios, fazendo-os navegar; outras vezes podem fazê-los naufragar, mas se não fossem elas, não haveriam viagens nem aventuras nem novas descobertas." (Voltaire)

Flávia disse...

Vc acabou de descrever meu rolo q, eu acho, q acabou anteontem! Perfeito e,sim, enlouqucedor!
Mto bom,Cris!
Beijos!

Ads Inside Post