quinta-feira, 6 de junho de 2013

Herança



A minha paixão pelas palavras e pelo romance não é muita novidade para quem me segue na internet ou para quem me conhece desde criança.
Só que essa paixão pelas palavras não surgiu do nada. É herança. 
Meu tio Jorge, falecido há vinte anos +/-, também escrevia e expressava em palavras seus sentimentos, principalmente pela Graça, seu grande amor.
Nesta carta de 1982, meu tio demonstrava o quanto amava o amor, as palavras e a arte. Além de escrever, ele também fazia esculturas em madeiras.
É essa a herança que eu carrego, a paixão pelas palavras e pelos sentimentos escritos. Sejam eles reais ou imaginários, mas que vem de dentro e alimenta a alma.

PS: Minha tinha Terezinha também é uma grande escritora e poeta [vencedora de vários concursos literários].



Nenhum comentário:

Ads Inside Post