quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Jornal Impresso: O fim está próximo


Eu sou amante da leitura e leitora de jornais impressos! Primeiro pelo gosto da leitura, segundo porque na correria do dia a dia eu só consigo ler jornais, não tenho tempo disponível para assistir os telejornais e acessar com frequência sites de notícias.

Eu aproveito a ida ao trabalho para ler o jornal dentro do ônibus, andando, na hora do almoço, final da tarde antes de começar a aula.
E acredito que há bastante pessoas com essa mesma rotina e quer manter sua leitura em dia e, claro, ficar atualizado. Porém, sinto cada dia mais que o fim do Jornal Impresso está próximo.

Estilo do Jornal Impresso

Para começar, o estilo do jornal. Manusear o jornal dentro do ônibus é preciso muita manobra. As folhas são muitas, grandes e soltas, além de fazer um barulho chamativo. Por mais que tomo cuidado, sempre acabo esbarrando o jornal na cabeça da pessoa da frente ou a pessoa que senta ao meu lado. Sem contar que todo mundo me olha quando eu tento virar uma página. E isso não é só no ônibus, é na fila do banco, dentro do carro, sempre é um incômodo ter que manusear o jornal.  E cá entre nós, com tanta tecnologia avançada já passou da hora de ter um jornal moderno.

Conteúdo do Jornal

Sabemos que o jornal de hoje é reservatório de xixi de cachorro amanhã, então ele tem que ser atrativo, diferente e com conteúdo que as pessoas ainda não viram na TV e internet.
Difícil? Não é difícil. Afinal, quem foi que disse que todos os jornais têm que ter a mesma notícia? Será que o chefe do jornal impresso não teve a brilhante ideia de publicar algo que nenhum outro meio de comunicação publicou?
É preciso inovar e todos nós sabemos disso. Precisamos de um jornal prático, moderno e com conteúdos atrativos para que possa atingir, principalmente, os jovens que estão cada vez mais longe das notícias.
Investir é caro, mas o resultado será bom para todos!

Este texto será publicado no blog Vigilantes da Notícia

2 comentários:

Adriano Lima disse...

Ótimo post, mas com a tecnologia, as notícias acabam tomando outro rumo, e o pessoal da internet acaba sabendo de uma notícia em questão de segundos, mas nada substitui o bom e velho jornal.

Bordunga disse...

A verdade é que com a chegada dos I tudo, a leitura impressa parece estar chegando ao fim. Até quando resistiremos?

Beijo grande.

Ads Inside Post