segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

O Verdadeiro Natal

O Natal é marcado por época de dar presentes, trocar presentes, torrar o 13º com presentes, propagandas vermelhas para lá e para cá... Renas, Papai-Noel com frio em pleno calor de Ribeirão Preto, uvas-passas, Peru, piscas-piscas tocando musiquinhas natalinas, Simone, Roberto Carlos, filmes de Natal na TV durante toda a semana. Isso é o Natal. 
Para uns parece ser lindo!! Para outros um tédio!! Para mim, o Natal perdeu o sentido verdadeiro.

Natal é outra coisa:

Foi num lugar distante, chamado Belém que tudo começou. Não sabemos a real data, mas foi num lugar simples, em meio animais, que o verbo se fez carne e habitou entre nós.
Naquela noite nasce uma criança onde é depositada toda a esperança daquele povo perdido, aquele povo que acreditava em um Deus rígido, vingativo e cruel, povo que acreditava que apedrejar mulher era a solução. Mas foi com a vinda desse menino Deus que foi possível compreender que não se apedreja mulher, ensinou-nos o perdão, o Deus que acolhe, que ama, um Deus acessível. 
O menino veio ao mundo para se tornar homem e nos mostrar o Novo Testamento e a Boa Nova. E é no Natal que vivenciamos tudo isso outra vez.  A vinda do menino Deus nos dá uma nova esperança para o próximo ano, para revermos nossas falhas, pedir perdão pelas nossas culpas e viver o novo, é Deus que nasce de novo em nossos corações junto com a esperança de uma vida e um mundo melhor.
Basta ter fé. E fé é algo inquestionável que nos dá paz no coração. 
E que todos nós podemos ser tocados nesse verdadeiro Natal, o Natal de Deus presente em nossas vidas!
FELIZ NATAL!



2 comentários:

Shirley disse...

Fé, amor e Deus é Natalllll...

Chris Ribeiro disse...

"O Natal de Deus presente em nossas vidas!"

Disse tudo, trenzim!.

Feliz Natal procê! ;o)
Bjim.

@ChrisRibeiro

Ads Inside Post