segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Solteirice Não é Doença



Se tem algo que me deixa enfurecida são cobranças desnecessárias do tipo:
"Você não vai arrumar um namorado?" - (Como se namorado comprasse em uma Padaria);
"Nossa, quanto tempo namorando! Não vão casar?" - (Como se casar fosse a MELHOR coisa do mundo);
"Casaram e não tem filho ainda?" - (Como se criar filho fosse simples e barato);
"Só tem um filho?? Quando vai arrumar o segundo?" - (É aquela história: onde come um comem dois? Avá).

Nada contra casamentos e romances. Acho tudo muito lindo quando se vive uma linda história de amor. Linda e Verdadeira!
Mas a cobrança existe, é fato. Parece que todo mundo é obrigado a ter uma vida previsível. Namorar, noivar, casar, ter filho e ter mais um filho e outro e blá blá blá. 

"Mas uma moça tão bonita está solteira?"
Sim, tia. Sou uma moça bonita (segundo os pedreiros e mamãe) e estou solteira sim! Qual é problema??
O que querem dizer quando falam isso? "Menina bonita incapaz de arrumar um namorado por ser chata, insuportável ou qualquer coisa do gênero."

 
Acho uma falta de glamour esse tipo de comentário. Cadê Glorinha Kalil para colocar isso no livro de etiquetas?
  


Solteirice não é doença, veja as vantagens:

*Sair de casa sem fazer a rotina da ligação: Ela: "To indo na casa da Paty, amor." Ele: "Que Paty? Que horas vai voltar? Quer que eu te busque? Tem homem lá?";

*Na hora da fofoca com a amiga não ser interrompida por uma ligação: "Onde você está?";

*Domingo não precisa acordar cedo para sorrir (falso) para a sogra no almoço. E nem ser reparada por uma cunhada;

*Pode ficar despreocupada se não deu tempo de ir à depiladora;

*Não ser privada de usar a sua saia mais curta ou seu vestido mais justo;

*Não ficar irritada se ele ta saindo com você de bermudão tactel num barzinho a noite badalado;

*Não precisa ser metade de ninguém. Ser inteira te satisfaz;

*Não ter dores de cabeça imaginando se é de chifre;

*Ter a liberdade de escolha onde passar a festas de final de ano sem precisar revesar qual família passar o Natal ou Réveillon;

*Sobra tempo para se cuidar, para estudar e trabalhar;

*Ter o poder do Controle Remoto na sua própria casa;

*O Carnaval fica mais interessante, mesmo que você odeie.

*Poder usar um bolero vermelho sem ser criticada que é estranho;

*Não ser pega desprevenida com o cabelo cheio de creme no sábado à tarde;

*A bateria do celular pode acabar;

*Ter a liberdade de dançar esquisito na balada;

*Comprar 5 pares de sapato sem ouvir reclamações;

*Poder se apaixonar pelo farmacêutico, pelo vizinho e pelo barman na mesma semana;

*Só a mãe faz reclamações de você;

*Ter sono profundo sem se preocupar se ele desviou o caminho na hora ele ir para casa dele;

*Ninguém vai reclamar do seu tom de voz;

*Não ter que suportar cara feia;

*Não fazer cara feia;

*Ficar descabelada, de pijama o domingo todo comendo um pote de sorvete;

*Liberdade, liberdade e liberdade!!!

Apenas uma das vantagens de ser solteira. Não tem motivos para se desesperar! Se você sofre dos sintomas acima citados, calma, procure a amiga mais próxima e faça um brinde! 

Melhor viver a vida de solteira feliz, do que aturar um cavalo que veio no lugar do príncipe!

O importante é viver a vida aproveitando minuciosamente cada situação que se encontra. Fazer cada momento, solteira ou não, especial pra cada uma de nós.

Estado civil? FELIZ!!!

E tenho dito!










10 comentários:

Lívia Komar disse...

Ótimo, Cris!
"Comprar 5 pares de sapato sem ouvir reclamações"
Hehe!

Juliana disse...

Boa, Cris! Vamos aproveitar o lado bom (maravilhoso) da vida!!! Eu compro 5 pares de sapatos e ninguém tem nada com isso. Aliás, odeio que peguem no meu pé, hehehehe. Bjuuuuu.

Shirley disse...

Infelizmente a sociedade sempre vai cobrar a gente de algo, porque está solteira, porque namora e não casa, porque casou e não tem filhos, o grande lance é sermos bem resolvidas e decretarmos estado civil: FELIZ, ameiiii...

Juliana Rizieri disse...

"Aturar um cavalo que veio no lugar do príncipe!"
ADOREI! ahahaha apesar de noiva apaixonada concordo em TUDO!rs

A gente cresce acreditando que temos a obrigação de encontar UMA pessoa pra enfim ser feliz!
Acredito que o relacionamento é compartilhar a felicidade que está em si mesmo, não procurar a felicidade em outra pessoa!

Viva a Liberdade e o Amor proprio!

Fernanda Marchioretto disse...

Ótimoooo!!!
É exatamente assim (e sei do que estou falando). O mundo te cobra a todo instante e se vc decide viver a vida sem seguir o clichê namorar-casar-emprenhar pode ser considerada aberração da natureza!
Um dos seus melhores textos Cris, adorei!

Chris Ribeiro disse...

Mais do que um texto, isso é um "grito de independência" da mulher moderna.
Cada um sabe o que quer pra si, e tem seu próprio tempo, e não cabe a sociedade ditar regras.

Texto top, trenzim!

Bjim.

Mila disse...

Ônus e bônus...se quer conviver com alguém, terá que se dedicar à pessoa SEM SE desrespeitar. Admiro pessoas que conseguem fazer essa entrega, sem SE esquecer. E sinceramente, só assim vale a pena!!! Infeliz de quem tem pressa, de quem faz conta...

Marlon Souza disse...

A parte do Pijama foi a melhor... Hehi... vc sabe do que estou falando neh...

Dj Robson Michel disse...

é eu concordo,inclusive os homens tem muito a dizer sobre isso também..rss


ps: a dona do blog esta solteita, mas é por pouco tempo

Carol Viana disse...

Pouts, só posso dizer: "É isso aí" e assinar embaixo...
Complementa tudo que disse hj.
Beijoka, flor

Ads Inside Post